Acompanhe também as nossas redes sociais

Cidades

Suspeito de sequestrar menina de 9 anos em Caiapônia, já foi preso por estupro

Homem de 50 anos, que trabalhou na residência da família e já possui antecedentes criminais é apontado como autor do sequestro.

Publicado

em

Imagens do circuito de segurança mostram homem acompanhado de uma criança abastecendo veículo antes de sair da cidade.

O pedreiro de 50 anos que é apontado como o responsável pelo sequestro da menina Lara Eloá Pereira de Andrade, de 9 anos em Caiapônia, já foi preso pelo crime de estupro. Apesar da polícia não divulgar oficialmente os dados pessoais do suspeito, já circula nas redes sociais, fotos, tanto do homem como da sua ficha criminal, essa tendo sido tirada do próprio sistema da Polícia Civil.

Em entrevista, a polícia informou trabalhar com outros suspeitos, mas disse que, em um primeiro momento, não vai dar detalhes para não comprometer as investigações, mas tem confirmado que o principal desses suspeitos é o pedreiro de 50 anos, que passou um período de tempo trabalhando na residência da vítima e que a criança já teria criado certa confiança no suspeito, o que pode ter facilitado o sequestro.

Lara Eloá Pereira de Andrade de 9 anos, está desaparecida desde o início da tarde da última segunda-feira (18).

O desaparecimento de Lara Eloá, tem gerado uma grande comoção em Goiás. Com o grande alcance das redes sociais, grande parte dos moradores da região estão em alerta e em busca de possíveis informações que possam levar ao paradeiro da menina, que foi vista pela última vez por um grupo de ciclistas conversando com o suspeito.

Na tarde desta terça-feira (19) foi divulgado um vídeo do sistema de segurança de um posto de combustível de Caipônia, que mostra o suspeito abastecendo o veículo, um WV Logus de cor azul e depois seguindo em direção ao trevo que da acesso a cidades da região como Palestina de Goiás, Iporá, Doverlândia e Piranhas.


No vídeo é possível ver uma criança no banco do passageiro tentando esconder o rosto com um boné assim que o veículo estaciona no posto. A família da criança já assistiu ao vídeo e identificou a criança como sendo a Lara e o motorista, o mesmo homem que os ciclistas teriam visto a menina conversar na calçada de sua residência.

Desesperados, os pais e familiares da criança tem pedido ajuda através das redes sociais para que todos compartilhem as imagens em busca de informações.

Quem tiver informações sobre a criança pode entrar em contato com a Polícia Civil por meio do (64) 3663-1666, em horário comercial, e do (64) 3663-2058, ou com a Polícia Militar através do número 190, em qualquer horário.

Continue lendo

Em Goiás

Sugira uma pauta

É expressamente proibido a utilização do conteúdo aqui publicado em mídias on-line ou impressas. Diário do Interior | Todos os direitos reservados.