Acompanhe também as nossas redes sociais

Política

Professora municipal tem empréstimos bloqueados, devido divida da Prefeitura de Iporá com banco, relata vereador

Publicado

em

O Vereador Paulo Alves (PT), trouxe a público nesta quinta-feira (26) durante Sessão na Câmara Municipal de Iporá,  a dificuldade que uma servidora pública municipal tem enfrentado nos últimos dias para conseguir aprovação de um empréstimo consignado na  Caixa Econômica Federal. De acordo com o vereador, apesar da Prefeitura ter descontado na folha de pagamento dos funcionários os valores dos empréstimos, a Prefeitura não teria feito o repasse para o banco, o que gerou o bloqueio.

Segundo o Vereador, a denuncia do bloqueio foi feito por uma Professora da rede municipal de ensino, que relatou ao vereador que teve seu pedido de empréstimo negado, e como justificativa, foi informada que a suspensão de empréstimos para servidores do município de Iporá se deu devido a falta de repasses da Prefeitura para a Caixa Econômica Federal.

Assista a fala do vereador na íntegra:

Paulo Alves relatou o fato para o próprio prefeito de Iporá, Danilo Gleic (PSDB) e para o Secretário de Administração da Prefeitura de Iporá, Cláudio da Costa Araujo Nunes, que acompanhavam a sessão. O Vereador que é presidente da Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização da Câmara Municipal de Iporá, cobrou ainda, maior respeito entre os poderes executivo e legislativo. Paulo pontuou ainda a falta de transparência e envio de documentos solicitados pela Câmara.

Conforme Paulo Alves, até o momento, a Prefeitura de Iporá não enviou para a Câmara Municipal os balancetes mensais do ano de 2014 e nem mesmo um extrato bancário, ou qualquer outro documento solicitado pelos vereadores. Outras cobranças do vereador para o prefeito,  foi em relação a falta de medicamentos no Hospital Municipal e a falta de materiais pedagógico nas escolas e creches municipais.

Continue lendo

Em Goiás

Sugira uma pauta

É expressamente proibido a utilização do conteúdo aqui publicado em mídias on-line ou impressas. Diário do Interior | Todos os direitos reservados.