Acompanhe também as nossas redes sociais

Cidades

Operação contra pedofilia ocorre em Goiás e cumpre 2 mandados em Iporá

Os municípios de Iporá, Senador Canedo, Luziânia, Anápolis, Pontalina, Rio Verde, Valparaíso, Jataí são alvos das investigações.

Publicado

em

Em Iporá, pai e filho foram alvos da investigação.

O Ministério Extraordinário da Segurança Pública (MESP) deflagrou, na última quinta-feira (17), a Operação Luz na Infância 2. Quase três mil policiais civis cumpriram mais de 500 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes.

Os municípios de Iporá, Senador Canedo, Luziânia, Anápolis, Pontalina, Rio Verde, Valparaíso, Jataí foram alvos das investigações. Goiânia também recebe a ação, dentre os 22 mandados de busca e apreensão expedidos pela MESP.

Essa é a maior operação já ocorrida, envolvendo a Policiais Civil (PC) e Federal, além de mais 24 estados. Até o momento, 132 pessoas foram presas por armazenarem ou acessarem conteúdos ilícitos de pornografia. Em Iporá, pai e filho foram os alvos dos mandados.

Mais de 284 cidades estão sendo investigadas e cerca de 1 milhão de arquivos já foram analisados.

De acordo com nota do ministério, suspeitos já estão sendo presos em flagrante. Os alvos foram identificados por meio de material obtido em ambientes virtuais. De acordo com os investigadores, esse material representa “indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva”.

Continue lendo

Em Goiás

Sugira uma pauta

É expressamente proibido a utilização do conteúdo aqui publicado em mídias on-line ou impressas. Diário do Interior | Todos os direitos reservados.