Acompanhe também as nossas redes sociais

Cultura

Mulher é presa suspeita de atear fogo ao corpo de colega, em Montividiu

Publicado

em

Segundo a PM, as duas são usuárias de drogas e se desentenderam.

Uma mulher de 30 anos foi presa suspeita de atear fogo ao corpo de uma colega, em Montividiu. De acordo com a Polícia Militar, as duas são usuárias de drogas e tiveram um desentendimento. Durante uma discussão, a agressora jogou álcool e ateou fogo na outra mulher, cuja idade não foi revelada.
{loadposition adsense}A briga aconteceu na noite de quarta-feira (17). A corporação foi acionada por populares e, quando os agentes chegaram ao local, ainda encontraram a mulher com o corpo em chamas. “Depois, localizamos a autora com um facão e um isqueiro”, conta o sargento Marcos Roberto do Prado.

A vítima recebeu os primeiros socorros ainda em Montividiu e depois foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Rio Verde. Segundo o boletim médico, ela permanece hospitalizada nesta quinta-feira (18), tem quadro estável e não corre risco de morte.

PM apreendeu facão e isqueiro com suspeita de atear fogo em colegaA suspeita foi levada para a delegacia da cidade, onde prestou depoimento. Em seguida, foi encaminhada para o Centro de Inserção Social de Rio Verde. Ela vai responder, em liberdade, por tentativa de homicídio.

Continue lendo

Em Goiás

Sugira uma pauta

É expressamente proibido a utilização do conteúdo aqui publicado em mídias on-line ou impressas. Diário do Interior | Todos os direitos reservados.