Acompanhe também as nossas redes sociais

Política

Em Iporá, Gomide descarta união no primeiro turno com PMDB e diz que PT terá chapa majoritária

Publicado

em

Após receber a visita de Junior Friboi (PMDB) no último dia 6 para apresentar sua pré-candidatura ao governo de Goiás, Iporá recebeu neste domingo (16), a visita de outro pré-candidato, Antônio Gomide. O prefeito de Anápolis deverá representar o Partido dos Trabalhadores (PT) nas eleições de outubro. A reunião aconteceu na Câmara Municipal de Iporá e reuniu cerca de 300 pessoas, entre lideranças políticas da região, capital e militantes de diversas localidades do estado.

Organizada pelo diretório do partido em Iporá, a reunião que contou com a participação de lideranças políticas de 18 municípios da região serviu para a apresentação de Gomide para as lideranças e militantes regionais. Sem atuação direta pela Região Oeste de Goiás, Gomide que é Prefeito de Anápolis, falou de suas propostas, fez duras críticas ao governo de Marconi Perillo e apresentou alguns de seus projetos para a disputa eleitoral e também, para o seu governo, caso seja eleito.

Gomide que veio a Iporá acompanhado do irmão, o Deputado Federal Rubens Otoni e de diversas lideranças de Goiânia e Anápolis, afirmou que o momento é de percorrer todo o estado de Goiás na intenção de unir a base de oposição, para fortalecer sua  campanha a governador e a reeleição da Presidente Dilma Rousseff.

Descartando uma possível união do Partido dos Trabalhadores com o PMDB de Junior Friboi no primeiro turno, Gomide disse que trabalhará para viabilizar sua candidatura e conseguir um bom resultado nas urnas.

Itamar Paes, presidente do diretório do PT em Iporá, destacou a importância do nome de Gomide para as disputas eleitorais de outubro. De acordo com Itamar, o partido fez a melhor escolha possível e acredita que é chegado o momento de Goiás ser governado por um nome  do Partido dos Trabalhadores.

Durante seu discurso, Gomide enalteceu o trabalho que vem sendo realizado pela Presidente Dilma a frente do governo federal e destacou sua vontade em alinhar o estado de Goiás com o Governo Federal, afim de que, segundo o pré-candidato, Goiás também passe pela transformação positiva que o Brasil passou com e ex-presidente Lula e tem passado com Dilma Rousseff.

Com a animação do grupo de jovens que acompanhava as lideranças da capital que por diversas vezes paralisaram a reunião com cantos e gritos de ordem, o pré-candidato afirmou ainda que Goiás necessita de uma alternância de poder para se desenvolver. “Este governo está, há 16 anos, no poder, é preciso renovar, adotar políticas públicas que gerem crescimento econômico”. Concluiu Gomide.

Sobre uma possível união com o PMDB de Junior Friboi, Gomide afirmou durante discurso que conversas entre os partidos estão acontecendo, porém, acredita que o PT deverá ter chapa majoritária no primeiro turno e que, os dois partidos podem até caminhar juntos, porém, desde que o PT esteja a frente da chapa.

Gomide participou ainda de outras quatro reuniões em Iporá, sendo uma na Cooperativa Mista da Agricultura Familiar de Iporá e Região (Coomafir) com produtores rurais da região, uma segunda com lideranças do PMDB, uma terceira na residência do Iporaense, José Gregório de Freitas (Zé Fiscal) e a última na residência do vereador Valdomiro Alves de Paula.

Continue lendo

Em Goiás

Sugira uma pauta

É expressamente proibido a utilização do conteúdo aqui publicado em mídias on-line ou impressas. Diário do Interior | Todos os direitos reservados.