Acompanhe também as nossas redes sociais

Política

Naçoitan faz duras críticas ao Ministério Público e diz que está sendo investigado injustamente

Publicado

em

Segundo Naçoitan, ação do Ministério Pública é injusta e que irmã de vereador estaria tendo informações privilegiadas dentro do órgão

O Presidente do PSDB de Iporá, Naçoitan Leite, comentou nesta sexta-feira (28), a ação proposta pelo Ministério Público contra ele e o Prefeito de Iporá, Danilo Gleic (PSDB) que pede o bloqueio de bens e multa superior a R$ 2 milhões de reais.  A ação civil pública foi proposta pelos promotores de Justiça Vinícius de Castro Borges e Sérgio de Sousa Costa. Segundo entendimento dos promotores, Naçoitan Leite que é declarado inelegível pela prática de crime contra a fé pública e que não pode ocupar cargos na administração, utilizou por inúmeras vezes o site oficial da Prefeitura de Iporá para realizar propaganda pessoal. Segundo o MP, com o consentimento expresso do prefeito Danilo Gleic.

Em entrevista a uma emissora de rádio local, Naçoitan fez duras críticas ao Ministério Público e afirmou que está sendo investigado injustamente. O presidente do PSDB, disse ainda, que há pessoas dentro do Ministério Público  de Iporá, que estão tendo acesso a informações privilegiadas, citando como exemplo, a irmã do Vereador Rodrigo Marques (PPS), que é funcionária do órgão. ” A irmã do vereador Rodrigo, está trabalhando no Ministério Público, e deve ter alguma informação privilegiada do MP, e isso nós iremos investigar” concluiu.

Naçoitan que  em 2012, foi declarado inelegível pela prática de crime contra a fé pública e substituído três dias antes das eleições por Danilo Gleic,  justificou sua participação na prefeitura como sendo um colaborador e que tem como intenção ajudar a cidade de Iporá. Porém, confirmou que tem dado opiniões ao Prefeito. ” Eu não vou dizer que não dou opiniões, ele me procura, o Danilo.” Disse.

Segundo Naçoitan, Danilo Gleic é de fato o prefeito e que a participação e influencia do mesmo junto ao Governo Estadual e Federal tem causado inveja em políticos de outros partidos de Iporá. Naçoitan disse ainda que tem utilizado sua influência para conseguir recursos para Iporá e Região, porém, ao ser questionado sobre quais emendas foram conseguidas para Iporá, o Presidente do PSDB não respondeu e justificou afirmando que não tem utilizado a prefeitura para usufruir de bens públicos. Naçoitan afirmou ainda, não precisar de Iporá, mas que Iporá precisa dele e sua influência política.

O prefeito de Iporá, Danilo Gleic, que tem sido alvo de diversas denuncias por parte dos vereadores que não compõem sua base na Câmara, ainda não comentou sobre a ação civil pública. Segundo movida pelo Ministério contra o Prefeito, que em janeiro teve parte de seus bens bloqueados devido ter pago por serviços que não foram prestados.

Entenda o caso: Ministério Público pede bloqueio de bens e multa superior a R$ 2 milhões a Danilo Gleic e Naçoitan Leite

Continue lendo

Em Goiás

Sugira uma pauta

É expressamente proibido a utilização do conteúdo aqui publicado em mídias on-line ou impressas. Diário do Interior | Todos os direitos reservados.